sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Saludos Amigos! - Alô Amigos!

Gentem, acabei de descobrir um desenho da Disney de 1942 chamado Saludos Amigos! (Alô Amigos), posso até ser desinformada, mas nunca tinha ouvido falar (que vergonha né!? rsrs)!

Sinopse:

Saludos Amigos fala do folclore, da música, das lendas e de outros temas de vários países sul-americanos. Os personagens viajam por vários páises, tais quais Chile, Peru, Argentina e Brasil, dando uma paradinha em cada lugar para fazer amigos. O filme tem quatro segmentos: "Lago Titicaca", no qual o Pato Donald tem problemas com uma lhama teimosa; "Pedro", o qual conta as aventuras de um avião dos correios sobrevoando os Andes; "O Gaúcho Pateta", no qual um cowboy americano é transferido para os pampas argentinos; e "Aquarela do Brasil", no qual Zé Carioca mostra para o Pato Donald os locais do Rio de Janeiro, ao som de "Aquarela do Brasil".

Curiosidades:
Alô, amigos é um desenho animado especial, pois Walt Disney estava interessado em expandir suas relações com os países da América do Sul, e com o filme quis fazer uma grande homenagem aos povos sul-americanos, e em particular ao Brasil. Nesse filme nasceu o personagem Zé Carioca, o papagaio com espírito bem brasileiro.

O nome "Zé Carioca" surgiu da concepção de que Joe (José) é um nome comum entre países sul- americanos, e "Carioca" como conseqüência de sua vinda ao Rio de Janeiro. No Brasil, tornou-se apenas "Zé Carioca"; nos Estados Unidos e França o personagem se chama "Joe Carioca", na Espanha e América Espanhola ele se chama "Pepe Carioca" e, apenas na Itália é que seu nome é "José Carioca". Mas Zé Carioca tornou-se realmente famoso mais tarde, com o filme The Three Caballeros, no qual convida o Pato Donald a visitar o Brasil.

A música Aquarela do Brasil, de Ari Barroso, que chegou a chorar pela homenagem, é cantada em português por Aloysio de Oliveira.

O filme custou menos de 300 mil dólares e deu um bom lucro ao estúdio que, depois do fim da guerra, a partir de 1946, fez cerca de oito versões, mantendo em todas a música Aquarela do Brasil, cantada em português.

Esse filme foi o primeiro a ter atores reais e personagens animados contracenando.

José Oliveira, dublador original do Zé Carioca no filme, serviu de inspiração à Disney na composição do papagaio. Ele era um músico paulista que tinha jeito de malandro, típico do brasileiro na época. Pode parecer que a voz de Zé Carioca, no original, foi feita pelo músico exclusivamente para o personagem, mas era a voz dele próprio!
 
Como o blog também serve para registrar coisas legais, vou deixar aqui os 4 videos do «filme».

Espero que gostem!

PS: Adorei a parte 4 (no Brasil)

Parte 1:


Parte 2:


Parte 3:

Parte 4:

2 comentários:

Jonathas e Reijane disse...

Na verdade, Sabrina, Walt Disney foi intimado pelo governo norte-americano para fazer essa "gracinha" coom esse países justamente por causa da 2ª Guerra mundial. Os Estados Unidos queriam aliados e estavam temerosos com os paises sul-americanos, caso estes resolvem se alair ao Eixo do Mal, como ele falavam. Dai o governo pensou em Walt Disney para mostrar que os Estados Unidos admiram e se importam com os latinos. Foi a política da boa vizinhança, tudo para que Brasil, Argentina e Mexico ficassem do lado deles.

Bruno disse...

Nossa, parece até outro país...

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa